Mostrando postagens com marcador BRASIL. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador BRASIL. Mostrar todas as postagens

Delação da JBS na mira

Marcadores:

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse no início da noite desta segunda-feira que o acordo de delação premiada firmado pelo Ministério Público Federal com a JBS pode ser anulado caso sejam comprovadas irregularidades por parte dos executivos do grupo empresarial, como omissões no processo de colaboração.

Investigadores obtiveram na semana passada áudios nos quais o dono da empresa, Joesley Batista, conversa com Ricardo Saud, diretor institucional. Saud disse no diálogo que o procurador Marcelo Miller, que atuou por três anos no gabinete de Janot, estava “afinado” com eles e que estaria encaminhando o acordo de colaboração premiada que viria a ser fechado. O diálogo ocorreu, provavelmente, no dia 17 de março, dez dias depois da conversa gravada por Joesley com o presidente da República, Michel Temer  e dez dias antes de o acordo de delação ser efetivamente fechado. (Via VEJA.com)

Delações da JBS

Marcadores:

Será que algum dia a população ira acordar para a realidade da política brasileira? Principais noticias de hoje sobre a delação da JBS.

MPF pede prisão de Lula e outros seis réus

Marcadores:

O cerco esta se fechando ao redor do "HOMEM MAIS HONESTO DO BRASIL", O MPF (Ministério Público Federal) pediu ao juiz Sérgio Moro, nesta sexta-feira (02), que  o ex-presidente e outros seis réus sejam condenados em regime fechado pelos crimes de corrupção passiva, e lavagem de dinheiro. Além disso, o MPF também quer a determinação da apreensão de R$ 87.624.971,26. O valor corresponde ao montante de propinas que foram pagas nos contratos que a OAS firmou junto à Petrobras a agentes públicos. A investigação indica que Lula teria recebido um total de pouco mais de R$ 3 milhões, somando o valor do apartamento do contrasto entre a OAS e a Granero. no entanto, os procuradores pedem que o ex-presidente seja condenando a pagar outros R$ 87 milhões em multas.
Fonte: MSN

Dilma faz novo pedido de liminar para voltar à presidência

Marcadores:

Advogados de Dilma entram com novo pedido de liminar ao STF para tentar anular o impeachment de Dilma. Os advogados, citaram as denuncias da delação de executivos da JBS que levaram Temer a ser alvo de inquérito no STF por crimes de corrupção, obstrução da justiça e organização criminosa para reforçar o pedido de invalidação do impeachment.  Pergunto, ela também não foi citada na delação da JBS com 150 milhões? 

Fonte: MSN

Temer tira Exército das ruas de Brasília após confusão

Marcadores:

A medida foi tomada após manifestação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, acabar em confronto entre manifestantes e policiais. O protesto contra o presidente Michel Temer (PMDB) na quarta-feira teve 49 pessoas feridas (41 militantes e 8 policiais militares) e oito presas, conforme a Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal. De acordo a gestão do governador Rodrigo Rollemberg (PSB), 45.000 pessoas participaram do ato que, diante das revelações das delações premiadas de executivos da JBS, pedia a saída de Temer do cargo. Conforme os movimentos sociais e centrais sindicais que organizaram o protesto, havia 150.000 pessoas na Esplanada dos Ministérios. Tem que deixar o Exército nas Ruas ate prender este bando de arruaceiros que estão querendo transformar o Brasil em uma Venezuela. (minha opinião) (Via HuffPost Brasil e VEJA.com)

Manifestação hoje em Brasília

Marcadores:

A manifestação Ocupa Brasília, convocada por centrais sindicais para hoje irá protestar contra as reformas da Previdência e trabalhista. O movimento pede ainda a saída de Temer e a convocação de eleições diretas no país. Os organizadores estimam a participação de 100 mil pessoas. Duvido muito público de 100 mil.... Com as manifestações programadas para esta quarta-feira (24), prédios da Esplanada dos Ministérios receberam tapumes nas entradas para evitar possíveis invasões.  Na fachada do Ministério da Agricultura, foram colocados tapumes e  apenas um acesso ao prédio foi liberado. No  Ministério do Meio Ambiente, as entradas foram fechadas com tapumes, deixando apenas uma liberada. O Ministério do Planejamento enviou comunicado sobre como os servidores devem agir em caso de invasão. 

STF afasta Aécio Neves do cargo e autoriza prisão de irmã

Marcadores:

O cerco esta se fechando contra os corruptos do Brasil, o Ministro do STF (Supremo tribunal Federal) Edson Fachin determinou o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB) do cargo no legislativo, segundo o jornal O Estado de S. Paulo. A Policia Federal cumpre mandados de busca e apreensão em endereços do senador nesta manhã. Continua........... 

Internado com câncer, Marcelo Rezende está incomunicável

Marcadores:

Querido pelos colegas de trabalho e também pelo público, o jornalista deixou o clima no canal bastante tenso ao relevar a gravidade de sua doença.

Para quem não viu, o apresentador do "Cidade Alerta" revelou estar com câncer no pâncreas, em conversa com o "Domingo Espetacular".

Segundo o jornal "O Dia", da empresa apenas o vice-presidente Marcelo Silva conseguiu acesso ao veterano. Foi ele, aliás, quem negociou a entrevista ao dominical.

Além disso, os cinco filhos de Rezende estão na capital paulista para acompanhar de perto a internação do pai.
FONTE: MSN
Com cancer

Defesa de Lula recorre ao STJ para tentar adiar depoimento a Moro

Marcadores:

Ele quer adiar o depoimento por que? medo? ou estratégia? A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva decidiu recorrer ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), ontem, para tentar adiar o depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, marcado para hoje quarta, às 14h. Na manhã de ontem, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou um habeas corpus para que a audiência fosse adiada. Os advogados de Lula tinham solicitado mais tempo para analisar provas que foram anexadas recentemente ao processo.
Foram protocolados três novos habeas corpus no STJ, no início da noite de ontem, um dos quais pede para que todo o processo seja suspenso, sendo declarada a suspeição de Moro para julgar o caso. Os outros dois pedidos ao STJ repetem solicitações que já foram negadas por Moro e pelo TRF4. Uma delas é para que seja concedido novo prazo para a apreciação das provas ligadas à Petrobras, anexadas recentemente aos autos. A outra é para que seja permitida uma gravação independente em vídeo da audiência pela defesa.
O depoimento de Lula marcado para hoje é referente ao processo em que ele é réu na Lava Jato sob a acusação de receber vantagens indevidas da empreiteira OAS, quando era presidente da República. Segundo a denúncia, ele seria o beneficiário de um apartamento no Guarujá e da reforma de um sítio em Atibaia, ambos no estado de São Paulo.

Lista sigilosa de Fachin inclui Lula e Eduardo Cunha

Marcadores:

Luiz Inácio Lula da Silva e Eduardo Cunha, entre outros nomes do PT e do PMDB, integram as 25 petições feitas pela PGR que permanecem em segredo por decisão do ministro Edson Fachin, do STF.
Segundo o Estadão, que conseguiu acesso aos documentos, os pedidos de investigação citam, além de Lula e Cunha, o ex-ministro Antonio Palocci, o senador Edison Lobão (PMDB) e o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB), entre outros.
Há relatos de pagamentos de vantagens indevidas em nove campanhas eleitorais, num total de R$ 17,43 milhões, de acordo com o jornal, além de outras irregularidades.
Os casos correm em segredo porque o STF acredita que a divulgação pode atrapalhar o andamento das investigações.

Lula é citado pela sua atuação nas operações da Odebrecht em Cuba, no Porto de Mariel, e em Angola, no contrato firmado com a Exergia.

Luciano Ducci pede urgência na distribuição da vacina contra dengue no País

Marcadores:

O deputado federal Luciano Ducci(PSB) defendeu nesta terça-feira,11, mais uma vez, a  distribuição da vacina da dengue em todo território brasileiro. Ele participou de audiência pública na Câmara dos Deputados que discutiu a  comercialização e distribuição do medicamento. "Quero incluir esta vacina no Programa Nacional de Imunização, pois sua eficácia já foi comprovada. No Paraná  foram imunizadas mais de 200 mil pessoas em uma primeira etapa.", diz o parlamentar, autor do projeto de lei que inicialmente pedia que a vacina fosse apenas disponibilizada em áreas de grande risco epidemiológico. 

A vacina da dengue tem sido pouco ofertada, embora esteja registrada desde dezembro de 2015 na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e liberada para comercialização pelo Comitê Técnico Executivo da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed). O medicação possui três etapas de aplicação e reduz as chances de internação e morte por dengue hemorrágica em 90%.

Tanto os representantes de órgãos públicos e agências reguladoras como os de conselhos de saúde federal e municipal, debateram a viabilidade financeira de aquisição da vacina contra a dengue. O projeto de Luciano Ducci segue aguardando aprovação na Comissão de Seguridade Social e Família.

Participaram da audiência a representante do Ministério da Saúde, Francieli Fontana Sutile, a representante da Anvisa, Daniela Marreco Cerqueira, a diretora da Sanofi Pasteur-Brasil, Sheila Homsani, e representantes do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems).


Foto- Liderança do PSB/ChicoFerreira

Licença para dirigir no exterior pode ser emitida com renovação de CNH

Marcadores:

Em razão do grande número de pedidos de Permissão Internacional para Dirigir (PID) às vésperas das datas de viagens, o Detran gaúcho lembra que o documento pode ser solicitado por ocasião da renovação da CNH, quando da retirada desse documento no Centro de Formação de Condutores (CFC). A PID terá o mesmo prazo de validade da CNH e seu único custo adicional é a taxa de emissão, de R$ 51,84.
A Permissão Internacional para Dirigir é o melhor documento a ser portado por quem pretende dirigir no exterior. É aceito nos 135 países signatários da Convenção de Viena sobre Tráfego Rodoviário e também em países com o Princípio da Reciprocidade. Entre eles, estão alguns dos destinos mais procurados dos brasileiros: Estados Unidos, Reino Unido, França, Portugal, Espanha, Austrália, Canadá, México e países do Mercosul.
Embora a CNH também seja aceita na maioria dos países signatários da Convenção de Viena por até 180 dias a partir do ingresso no país, a PID pode facilitar a checagem das informações do condutor, não apenas em situações de fiscalização com agentes oficiais, mas também na hora de locar veículos, resgatar seguros e buscar agilidade nos atendimentos em casos de acidentes. O texto do documento é apresentado em oito idiomas - alemão, árabe, chinês, espanhol, francês, inglês, português e russo. Além disso, sua validade é a mesma da CNH, portanto geralmente superando os 180 dias em que esta é aceita no exterior.
Quem deseja fazer sua PID independentemente da data em que providencia a renovação da CNH pode dirigir-se diretamente a um CFC. Para tornar ainda mais rápido o processo, a Guia de Arrecadação do Detran/RS Eletrônica (GAD-E) para pagamento da taxa de expedição do documento pode ser adquirida no site. O pagamento pode ser feito nos bancos indicados no site e só então o usuário precisará dirigir-se ao CFC, levando sua CNH ou outro documento de identificação e comprovante de residência atualizado.
Texto: Ascom Detran
Edição: Gonçalo Valduga/Secom

Cassação da chapa Dilma-Temer: entenda como será o julgamento

Marcadores:

Os sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), se reuniram nesta terça-feira a partir das 9 horas para julgar o maior caso da Historia do Brasil. São no total 7.942 paginas, divididas em 27 volumes, com provas documentais, depoimentos, argumentos da acusação, defesa e Ministério Publico sobre a suspeita de que a chapa formada por Dilma Rousself (PT) e Michel Temer (PMDB) cometeu abuso de poder político e econômico para vencer as eleições de 2014.

Os ministros irão decidir se há indícios suficientes para cassar ou não o atual presidente e tornar inelegível a ex-presidente. O TSE montou um esquema especial para fazer o julgamento. Foram convocadas quatro sessões plenárias — duas extraordinárias e duas ordinárias — que serão transmitidas ao vivo pela TV Justiça. A segurança do prédio também foi reforçada, já que se espera o plenário lotado (o limite máximo é de 240 pessoas sentadas). Fora da galeria, 100 pessoas poderão acompanhar a sessão num telão. A Polícia Militar fará rondas no entorno do local.

População tem direito de ser informada sobre obras em estradas, diz Evandro Araújo

Marcadores:

População tem direito de ser informada sobre obras em estradas, diz Evandro Araújo

Preocupado com as condições das rodovias paranaenses, o deputado Evandro Araújo vem apresentando requerimentos pedindo informações sobre obras de melhorias em vários trechos que contemplam inúmeros municípios.

Os requerimentos, endereçados ao DER via Assembleia Legislativa, precisam ser aprovados pelos deputados em plenário.  Porém, a liderança do governo tem encaminhado contra e, como possui maioria, os requerimentos foram rejeitados. 
Para o deputado, é um direito da população saber se as estradas que usam para se deslocar vão receber melhorias e se tornarão mais seguras.  

 “Ao pedir aos deputados da base de apoio ao governo que votem contra, a liderança está prejudicando a população e o direito dos paranaenses de saber se terão estradas melhores para transitar com suas famílias, os agricultores que usam as estradas para transportar a produção de suas propriedades e os jovens que dependem delas para estudar. Não há justificativa para impedir os paranaenses de serem informados sobre a previsão de melhorias nas estradas. É um direito, não é um privilégio”, afirma Evandro Araújo.  

Crédito foto Pedro Oliveira/Alep

Assessoria de imprensa (41) 3350-4282

Operação O Quinto do Ouro, da PF, vai às ruas e mira na Corte de Contas do Rio e em Picciani

Marcadores:

A Polícia Federal está nas ruas nesta quarta-feira, 29. A investigação mira no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro e no presidente da Assembleia Legislativa do Rio, Jorge Picciani (PMDB). Picciani é alvo de mandado de condução coercitiva.

Em nota, a PF informou que as ações foram determinadas pelo Superior Tribunal de Justiça, no curso de um Inquérito Judicial que tramita na corte. Para cumprir as ações determinadas, quase 150 policiais federais foram especialmente destacados.

Os alvos da Operação O Quinto do Ouro, segundo a PF, são investigados por fazerem parte de um esquema de pagamentos de vantagens indevidas que pode ter regularmente desviado valores de contratos com órgãos públicos para agentes do Estado, em especial membros do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e da Assembleia Legislativa do Estado. As informações que embasaram a decisão do Superior Tribunal de Justiça tiveram origem numa colaboração premiada realizada entre dois investigados e a Procuradoria-Geral da República.

A Operação O Quinto investiga a suposta participação de membros do tribunal de contas do Rio, os quais seriam responsáveis por zelar pelos atos firmados pelo Estado, no recebimento de pagamentos indevidos oriundos de pagamentos indevidos de contratos firmados com o Estado do Rio de Janeiro em contrapartida ao favorecimento na análise de contas/contratos sob fiscalização no Tribunal. Além disso, agentes públicos teriam recebido valores indevidos em razão de viabilizar a utilização do fundo especial do Tribunal de Contas do Estado do Rio para pagamentos de contratos do ramo alimentício atrasados junto ao Poder Executivo do Estado do Rio de Janeiro, recebendo para tal uma porcentagem agem por contrato faturado.

No total são mais de 43 mandados, a maioria deles na cidade do Rio de Janeiro, mas também em Duque de Caxias e São João do Meriti. Por se tratar de uma investigação que tem como alvos membros de um Tribunal de Contas Estadual, os trabalhos correm sob a Presidência de um Ministro do STJ no curso de um Inquérito Judicial.

O nome da operação é uma referência à figura histórica do “Quinto da Coroa”, um imposto correspondente a 20% que a Coroa Portuguesa cobrava dos mineradores de Ouro no período do Brasil Colônia. Uma das mais conhecidas formas de recolhimento ocorria mediante a obtenção de “certificados de recolhimento” pelas casas de fundição. Apesar do rigor na criação de urna estrutura administrativa e fiscal, visando sobretudo a cobrança dos quintos, o imposto era desviado. Afonso Sardinha, o moço, em seu documento (1604) declarou que guardava o ouro em pó em vasos de barro. Outro uso comum era o de imagens sacras ocas para esconder o ouro (daí a expressão “santo do pau oco”).

Família Picciani

Jorge Picciani é pai do ministro dos Esportes Leonardo Picciani (PMDB).

A empresa da família Picciani foi citada no acordo de leniência de uma executiva da Carioca Engenharia. A matemática Tania Fontenelle declarou que ‘comprou vacas superfaturadas’ de uma empresa da família, a Agrobilara Comércio e Participações Ltda, para caixa 2 de empreiteira.

São controladores da Agrobilara os peemedebistas Leonardo Picciani, ministro dos Esportes do Governo Michel Temer, Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Rio, e Rafael Picciani – deputado estadual, secretário de coordenação de Governo da Prefeitura do Rio.

As declarações de Tania Fontenelle foram prestadas no dia 19 de abril do ano passado

Ação contra tráfico por aviões mira quadrilha com patrimônio milionário

Marcadores:

Com patrimônio de R$ 7,5 milhões, quadrilha de tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro é alvo da operação All In em Mato Grosso do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Minas Gerais.

A ação da PF (Polícia Federal), deflagrada nesta terça-feira (dia 28), cumpre 50 mandados judiciais, sendo 18 ordem de prisão cautelar, 25 mandados de busca e apreensão e sete mandados de condução coercitiva em 14 cidades.

Polícia Federal deflagra nova fase da Lava Jato.

Marcadores:

Batizada de "OPERAÇÃO PARALELO" 39ª fase da Lava Jato teve início na manhã desta terça-feira. Os mandatos estão sendo cumpridos na cidade do Rio de Janeiro, sendo um de prisão preventiva e outros cinco, de busca e apreensão.

Ainda não há novas informações sobre esta etapa da operação.

Doe uma Bolsa de Alimentos - Casa Ronald McDonald-RJ e SuperPrix ❤

Marcadores:

Para vencer as barreiras da doença, uma alimentação balanceada é essencial, por isso,
as Bolsas Solidárias são montadas de acordo com as demandas mais urgentes da Instituição. 


A doação é feita através do site do SuperPrix, e entregue diretamente na Casa Ronald McDonald RJ.
A equipe local se encarrega da distribuição para as crianças e adolescentes assistidos pelo Programa.
Todo mês, cerca de 200 famílias são beneficiadas.




Apoie os projetos da Casa que o amor construiu...
Ao participar, você estará ajudando as crianças da Casa Ronald McDonald-RJ.
 Casa Ronald McDonald-RJ  
Rua Pedro Guedes, 44 - Maracanã - Rio de Janeiro/RJ
(Próximo da Universidade Veiga de Almeida e da estação do Metrô de São Cristóvão)
Informações: (21) 2566-3247 / comunicacao@casaronald.org.br 

Caso você não queira mais receber, acesse aqui para cancelar.
Em caso de abuso, acesse aqui para denunciar.

Operação papelão ou lesa-pátria

Marcadores:

As exportações de carne brasileira desabaram. Dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic) apontam que, antes da divulgação da Operação Carne Fraca, o valor médio diário de venda do alimento para o exterior era de US$ 63 milhões. Na terça-feira da semana passada, totalizaram US$ 74 mil, o que representa uma queda de 99,8%. Desde lá, já foram U$ 130 milhões de prejuízo.

Mais de 40 países anunciaram restrições à carne brasileira desde que a Polícia Federal realizou a operação. Hong Kong, além de suspender a compra, exigiu a retirada do produto do mercado local. Outros países como Japão, China e África do Sul suspenderam parcialmente as importações. Os países que possuem maior peso nas exportações de carnes do Brasil são China, União Europeia e Hong Kong.

Frigoríficos foram fechados, funcionários começaram a ser demitidos. Somente em Colombo, onde fecharam dois frigoríficos, 280 funcionários perderam seus empregos. A BRF deu férias coletivas para 1,7 mil funcionários da unidade de produção de suínos da cidade de Toledo e suspendeu a produção em 33 de suas 36 unidades.

No Paraná, líder nacional na produção e exportação da carne de frango, terceiro maior criador de suínos do país e nono na produção de bovinos, as consequências podem ser desastrosas.

Tudo isso aconteceu no prazo de apenas uma semana, depois que a Polícia Federal vendeu a versão de que os frigoríficos brasileiros lesam os consumidores e vendem ao mercado interno e ao mundo carne contaminada e estragada.

Segundo a desastrada coletiva conduzida pelo delegado federal, estamos comendo e exportando carne podre. Ele não apresentou um único laudo técnico comprovando suas acusações de que a carne vendida e exportada por 21 frigoríficos, sendo 19 do Paraná, é imprópria para consumo. Note-se que ao todo o Brasil tem 4.894 plantas industriais no setor da carne. Já ficou comprovado que muitas das conclusões apresentadas à imprensa como “provas” da contaminação da carne são fruto de interpretação equivocada - como os embutidos com papelão e a adição na carne de ácido ascórbico, a popular vitamina C.

Foram tantas trapalhadas que a Operação, em vez de Carne Fraca, deveria se chamar Operação Papelão. No espetáculo armado, ficou claro que o delegado desviou-se do foco central da investigação, que era a corrupção de servidores públicos por empresas privadas para facilitar o trâmite burocrático, para sem base técnica, condenar a qualidade da carne e todo o sistema de inspeção sanitário brasileiro.

Óbvio que há empresários desonestos e fiscais corruptos, que agem sob a proteção de políticos espertos, mas daí a condenar toda uma cadeia produtiva importantíssima para o país, vai uma longa distância.

Houve um gravíssimo erro de comunicação da Polícia Federal, com a participação e colaboração da imprensa - que comprou a versão do delegado sem questionamentos ou uma mínima checagem dos fatos. A única reportagem com checagem sobre os fatos, vejam só, foi da BBC de Londres, que “descobriu” a questão do ácido ascórbico. 

O resultado dessa irresponsabilidade já está sendo sentido, com mais desemprego, quebra brutal nas exportações e embargos comerciais. Um estrago brutal e sem precedentes. Um papelão internacional.

O Brasil tem que parar de dar tiro no pé. Nós já perdemos a indústria da engenharia pesada, a cadeia produtiva do óleo do gás praticamente não produz mais nada no país, e o Brasil está desestruturando a indústria de base. Nós estamos vivendo no país um estado policialesco, em que primeiro se acusa, se conduz coercitivamente, para depois provar algo.

Hoje foi o setor da carne. Amanhã vai ser o soja. Depois são as cooperativas e tudo aquilo que produz e que é competitivo. A quem interessa esse ataque e desmonte da indústria nacional, sob o mantra de combate a corrupção?

(*) Luiz Claudio Romanelli é advogado, especialista em gestão urbana e deputado pelo PSB do Paraná.

Delator revela repasses para 'conta' de Lula

Marcadores:

Marcelo Odebrecht, herdeiro e ex-presidente do grupo que leva seu sobrenome, apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) documentos que apontam o detalhamento da suposta movimentação da conta-corrente do Setor de Operações Estruturadas – o departamento da propina – realizada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
A informação consta de trechos das declarações divulgadas nesta quinta-feira, 23, pelo site O Antagonista. Entre os documentos está uma curta planilha em que aparece o codinome “Amigo”, que seria uma referência a Lula.
A lista revela que, em 22 de outubro de 2013, o saldo de “Amigo” era de R$ 15 milhões. Já em 31 de março de 2014, o valor passou para R$ 10 milhões – não foi explicado o que foi feito com R$ 5 milhões.
Ao falar sobre o gerenciamento da conta com recursos repassados para as campanhas de Lula e da presidente cassada Dilma Rousseff, Marcelo afirmou que foi o ex-presidente quem indicou o ex-ministro da Casa Civil Antonio Palocci para ser o administrador da conta-corrente irrigada por recursos de caixa 2. “Eu falei com ela (Dilma)... Olha, presidente, em 2010, 2009, em 2010, eu falei: presidente, tudo eu estou tratando com o Palocci, era o meu combinado com o Lula, tá ok? Ela falou: Tá ok”, disse o delator.

A assessoria de imprensa do Instituto Lula, por meio de nota, afirmou que não foi encontrado nenhum recurso indevido para o ex-presidente. “Lula jamais solicitou qualquer recurso indevido para a Odebrecht ou qualquer outra empresa para qualquer fim e isso será provado na Justiça.”