Mostrando postagens com marcador PARANÁ. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PARANÁ. Mostrar todas as postagens

Congresso Paranaense de Cidades Digitais aborda tecnologia no desenvolvimento local

Marcadores:

São José dos Pinhais sedia encontro estadual em novembro

Os impactos das Tecnologias da Informação e Comunicação no desenvolvimento local dos pequenos e médios serão tratados por prefeitos, gestores, vereadores e especialistas que participam do 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, marcado para os dias 23 e 24 de novembro em São José dos Pinhais, através de uma parceria entre a Rede Cidade Digital (RCD) e a Prefeitura Municipal da localidade. O evento, gratuito para servidores públicos, visa facilitar o planejamento e implantação de ações voltadas para eficiência de gestão. As inscrições podem ser feitas pelohttp://redecidadedigital.com.br

O diretor da RCD, José Marinho, ressalta o potencial das cidades que investem em tecnologia não apenas no que se refere à conectividade e melhorias na oferta dos serviços prestados à população, mas também no fomento ao crescimento socioeconômico. “As cidades digitais e inteligentes propiciam o ambiente para o surgimento de novos modelos de negócios, produtos e soluções que trazem impactos em todos os segmentos da sociedade, criando diversas possibilidades para que os setores se desenvolvam. Um bairro digital, por exemplo, promove muito mais a interação entre as pessoas, estimula o comércio local e uma oferta maior de facilidades aos moradores”, observa.

Um dos modelos confirmados para o Congresso é o de Guaíra, destaque vindo do Oeste do Estado. Localizada na fronteira do Brasil com o Paraguai, a cidade com cerca de 33 mil habitantes priorizou o uso de TICs e criou um modelo de saúde digital, referência atualmente para diversas localidades. Outros processos de informatização dentro da Prefeitura também trouxeram recursos e resultados positivos para a gestão.

Projetos inovadores - Durante o encontro, prefeitos serão homenageados em reconhecimento ao trabalho de estímulo à inclusão digital e à implantação de política pública municipal de cidade digital. A seleção acontece até o dia 31 deste mês e inclui também aqueles que mais se destacaram por meio dos planos de governo protocolados no TSE no ano passado.

Consulta da RCD revela que dos 399 municípios do Paraná, 76% dos prefeitos eleitos incluíram iniciativas digitais visando melhorar algum setor da administração pública.
O Congresso tem o patrocínio master da ENW e da GOVBR; ouro da Exati Tecnologia e o apoio do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Associação Brasileira de Internet (Abranet), da Infraero; União dos Vereadores do Paraná (UVEPAR) e das Associações de Municípios AMCG, AMCESPAR, AMEPAR, AMERIOS, AMUSEP, AMUVI e AMSULPAR.

Serviço:

5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais

23 e 24 de novembro, em São José dos Pinhais

Inscrições gratuitas para servidores públicos

http://redecidadedigital.com.br

Prefeitura e IFPR adiantam convênio para a Farmácia Escola de Palmas

Marcadores:

O prefeito Dr. Kosmos Nicolaou recebeu, na tarde desta terça-feira (12), diretores e professores do Instituto Federal do Paraná (IFPR Campus Palmas), para tratar de detalhes do convênio para implantação da Farmácia Escola de Palmas. A estrutura, que nesta primeira etapa irá funcionar junto a Farmácia Básica do Pronto Atendimento Municipal (PAM), vai contribuir na formação dos acadêmicos da instituição.

A Farmácia Escola é um antigo sonho da atual administração e será implantada em parceria com o IFPR. "Recebo agora, em meu gabinete, o professor Luciano (Martignon - diretor-geral) e coordenadores do IFPR, especificamente das cadeiras de Ensino, Pesquisa e Extensão e Farmácia, para tratar desta finalidade", ressaltou Dr. Kosmos.

Montar a estrutura, segundo o prefeito, está muito próxima de se tornar realidade. "E esta iniciativa agora, junto com o IFPR, vai possibilitar para termos aqui, uma Farmácia Escola", frisou. Logo após a reunião, Dr. Kosmos levou o grupo para conhecer o local onde será montada a Farmácia Escola.

Apresentação
"Estamos aqui, num momento importante para a cidade e para o IFPR Campus Palmas", disse o diretor-geral da instituição, professor Luciano Martignoni. O encontro foi agendado, segundo ele, para apresentar a professora Franciele Chassot, que será a coordenadora da Farmácia Escola.

"A professora Franciele, que chegou a pouco no IFPR, vai trabalhar diretamente com a Farmácia Escola, que é resultado desta parceria com a Prefeitura de Palmas", disse Martignoni. Que completou: "Avançamos mais um passo no sentido de cumprir a nossa missão, que é o desenvolvimento de Palmas".

A coordenadora do curso de Farmácia do IFPR Campus Palmas, professora Lucélia Magalhães da Silva, disse que o local será um laboratório muito bem vindo. "Hoje temos aproximadamente 200 acadêmicos distribuídos em 10 turmas e todos irão passar, via estágio, pela Farmácia Escola", disse.

A reunião também contou com participação do professor Frank Silvano Lagos, que é diretor de Ensino, Pesquisa e Extensão. A expectativa é que a Farmácia Escola inicie as atividades ainda este ano. Num primeiro momento, os acadêmicos irão cuidar da despensa e acompanhar os medicamentos oferecidos na Farmácia Básica do PAM.

Foto legenda (Dr Kosmos e IFPR)
O prefeito Dr. Kosmos em reunião com diretores e professores do IFPR Campus Palmas
Foto: Ronildo Pimentel





Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br
(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Rede Cidade Digital apresenta iniciativas brasileiras em evento das Nações Unidas

Marcadores:

Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe realiza encontro no México nesta semana

A Rede Cidade Digital (RCD) é uma das iniciativas brasileiras convidadas para o Seminário “América Latina e Europa ante a disrupção tecnológica: uma nova era de políticas e instituições para as MPME”, promovido pela Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (CEPAL) em conjunto com a União Europeia, nos dias 10 e 11 de outubro, na Cidade do México.

O diretor da RCD, José Marinho, participa de um painel no qual compartilha as experiências brasileiras no contexto das cidades inteligentes, com ênfase nas micro, pequenas e médias empresas, foco do evento. Para ele, “será a oportunidade de levar a percepção do trabalho realizado pela RCD em relação ao uso da tecnologia nos pequenos e médios municípios e os impactos no desenvolvimento local”.

De acordo com a organização do evento, esta revolução digital está mudando radicalmente os processos de produção e os padrões de consumo, forçando as empresas a redefinirem suas estratégias competitivas e modelos de negócios, e os governos para atualizar suas políticas de desenvolvimento. O Seminário, que reúne representantes de diversos países da América Latina e Europa, integra a agenda de encontros internacionais para discutir estratégias de apoio às micro, pequenas e médias empresas (MPME) da região, no âmbito do projeto Euromipyme, executado pelo organismo regional das Nações Unidas e pela União Europeia. “O encontro é oportuno neste momento também para conhecer modelos que podem ser inspiradores para as nossas cidades”, completa Marinho.

Cidades Digitais - Em 2017, a RCD já realizou até o momento, em parceria com Prefeituras e Associações de Municípios, 10 fóruns regionais e dois congressos de cidades digitais, reunindo ao todo gestores de quase 500 municípios, de cinco estados (PR, SP, SC, RS e MG), interessados em trocar informações e conhecer soluções visando o aprimoramento dos serviços públicos.

Neste mês a iniciativa promove o primeiro evento no Nordeste do país, por meio de parceria com a Prefeitura de Salvador e direcionado para prefeitos, gestores e vereadores da Bahia. O I Fórum de Cidades Digitais da Região Metropolitana de Salvador está marcado para o dia 19 de outubro, na capital do Estado, e representantes de 30 localidades já estão inscritos.
Marinho atribui o grande interesse pela demanda dos dias atuais, de cidadãos cada vez mais conectados e administrações públicas trabalhando ainda no processo analógico e burocrático. “São eventos gratuitos para servidores públicos e realizados onde há o interesse de Prefeituras e Associações de Municípios em fomentar o tema entre os municípios da região. Além de facilitar a vida da população, a informatização da gestão reduz custos e gera mais eficiência. E não existe outro caminho para transformar esse cenário”, afirma o diretor da RCD.

Para o diretor da RCD, as empresas locais de internet também têm papel fundamental para fornecer conectividade onde não há interesse das grandes operadoras. “É um mercado em potencial para se investir e gerar soluções, já que 80% das cidades brasileiras têm menos de 20 mil habitantes. Além disso, as cidades digitais possibilitam um ambiente de interação e o surgimento de ações na promoção do desenvolvimento local nos mais variados segmentos da sociedade”.

“Tecnologia acelerando o desenvolvimento local” é o tema do 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, que será realizado em novembro, dias 23 e 24, no Aeroporto Internacional Afonso Pena, através de uma parceria entre a RCD e a Prefeitura Municipal de São José dos Pinhais. Informações e inscrições pelo http://redecidadedigital.com.br

RCD - Assessoria de Comunicação

(41)3015-6812

Arcebispo Dom Peruzzo participa de homenagem a N. Sra. Aparecida

Marcadores:

O Arcebispo Dom José Antônio Peruzzo, da Arquidiocese de Curitiba, confirmou participação nesta segunda-feira (09), da sessão solene da Assembleia Legislativa, em homanagem ao jubileu dos 300 anos do encontro da imagem da Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, no rio Paraíba do Sul. O ato, a partir das 18h, foi proposto pelo líder do PMDB, deputado Nereu Moura e terá ainda presença do prefeito de Curitiba, Rafael Greca de Macedo.

A sessão na Assembleia Legislativa integra a programação do Ano Mariano, propoposto pelo Papa Francisco, em hoomenagem as paróquias dedicadas a Nossa Senhora Aparecida. A manifestação também irá destacar o trabalho dos Missionários Redentoristas, responsáveis pelo Santuário Nacional de Aparecida, além de fieis e dos párocos dirigentes das paróquias dedicadas à Padroeira.

"Será uma forma de reconhecer a importância dessa devoção para o Paraná e para o Brasil como um todo", ressaltou o deputado Nereu Moura. No âmbito da Arquidiocese de Curitiba e por todo o Estado, mais de 300 igrejas, catedrais e santuários são dedicados à Padroeira.

Foto legenda (dom Peruzzo)
Arcebispo Metropolitano de Curitiba, Dom Peruzzo, confirma participação na sessão solene da Assembleia Legislativa
Foto: YouTube

Abertura de novas empresas em Palmas aumentou 21% em 2017

Marcadores:

Em meio à crise nacional, Palmas aumentou os investimentos e reduziu a burocracia, resultando num aumento de 21% na abertura de novas empresas em 2017. Neste ano, de janeiro a setembro, de acordo com dados do Departamento de Finanças da Prefeitura, foram emitidas 393 novas inscrições no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), contra 312 registros no mesmo espaço de tempo em 2016.

Os números do Departamento revelam que, em média, 43,6 novas empresas foram abertas a cada mês em 2017. No ano passado, a média registrada, nos nove primeiros meses, chegou a 34,6. Alguns fatores de desenvolvimento econômico e social podem dar uma ideia do bom desempenho, fazendo os empreendedores tirarem seus planos e projetos da gaveta.

A partir de janeiro deste ano, a administração Dr. Kosmos Nicolaou adotou uma política para destravar a buracracia e investiu na realização e apoio em eventos de grande e médio porte. A construção civil teve o maior número de CNPJ's emitidos no ano - 53 novos no período. O volume mostra que o setor está aquecido em Palmas, cidade com aproximadametne 50 mil habitantes.

"Houve uma mudança no foco de novos empreendimentos, já que, no ano passado, foram abertas 23 novas empresas de obras, menos da metade", analisa o diretor de Tributação, José Antonio Scheid. Na avaliação dele, os números revelam a estabilidade da economia e o clima de confiança criado pela atual administração do prefeito Dr. Kosmos.

"Isto está motivando e atraindo novos empreendedores e o resultado é a chegada destas empresas de pequeno, médio e grande porte", ressaltou. Na segunda posição, aparecem as lojas de roupas, com o número de 22 estabelecimentos novos. Também foram registrados em 2017 a abertura de 18 salões de beleza, 15 transportadoras, 12 empresas de cursos e 10 bares. A lista inclui ainda empresas de conveniências, engenheiros, escritórios de advocacia, mercearias, pintores, entre outros.

Em 2016, de janeiro a setembro, a abertura de escritórios de advocacia liderou o índice de novos CNPJ's - 30 no total, seguido de 25 novos bares e lanchonetes e 23 empresas de obras.

Novas empresas
Para realizar a abertura de empresas, a entrada única de dados pode ser feita através do site www.empresafacil.pr.gpov.br, que possibilita agilizar o processo de viabilidade de abertura de novas empresas. Para quem quer trabalhar por conta própria, o indicado é procurar o Departamento de Indústria e Comércio.

Foto legenda (Palmas aerea)
Setor da construção civil é o que mais registrou novas empresas em 2017 em Palmas
Foto: Josiani Almeida





Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br


Polícia confirma a morte da menina Tabata em Umuarama/PR

Marcadores:

Foi confirmada pela Polícia Civil de Umuarama/PR, a morte de Tabata Fabiana Crespilho Rosa, de 6 anos desaparecida desde o dia 26/09/17.
O Suspeito, Eduardo Leonildo da Silva, 30 anos, foi detido no final da tarde de ontem, 27/09. Ele reside no Parque Danieli e seria conhecido da família. Os policiais chegaram até suspeito após um vídeo de câmera de monitoramente mostrar que Tabata teria entrado em um veículo Gol, branco, modelo antigo.
Informações preliminares são de que ele indicou aos policiais a localização do corpo da criança, na região do bairro Sonho Meu – o local exato ainda não foi divulgado para evitar tumulto. O suspeito foi interrogado pelas equipes da Polícia Civil de Umuarama e do Sicride (Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas). Inicialmente ele negou o crime. Depois confessou e voltou a negar.

Assim como aconteceu na década de 1980, a população umuaramense mais uma vez tentou invadir a delegacia para fazer justiça com as próprias mãos. Manifestantes se deslocaram até a delegacia após saberem que o suspeito estava sendo interrogado no local.
Milhares de pessoas se aglomeraram no entorno da 7ª Subdivisão Policial. Muitos jogaram pedras e pedaços de pau e ferro, quebrando as vidraças do prédio e inclusive ferindo pessoas que estavam no interior.
Pelo menos três veículos que estavam em frente a delegacia foram incendiados e outros foram virados.
Houve tentativa de fuga em massa dos presos. Reforços foram solicitados para a polícia militar de várias cidades. Os primeiros a chegarem foram os policiais do 7º Batalhão, de Cruzeiro do Oeste.

Ainda não há informações sobre feridos.

Bailarinos de nove cidades estarão na Mostra e Festival de Dança de Palmas

Marcadores:

A I Mostra e Festival Pé Vermelho em Dança de Palmas já confirmou a participação de bailarinos de oito cidades paranaense. O evento, de 22 a 23 de setembro no Centro de Cultura Dom Agostinho José Sartori, terá apresentações e competições de dança e uma série de workshops, a partir de quinta-feira 21), na sede da Escola Pública Nascer para Arte, na parte superior da Rodoviária.

A programação prevê, segundo a diretora da Escola de Arte, Tânia Padilha, a apresentação de 17 grupos com mais de 200 bailarinos se revezando no palco. “É um evento que vai agradar a toda a população, principalmente os apaixonados por dança”, disse.

A 1ª Mostra e Festival Pé Vermelho em Dança será aberta oficialmente às 19h30 da sexta (22). O ato terá apresentações dos seguintes grupos de danças de Palmas: Stúdio Sintonia do Corpo, Centro da Juventude, Igreja Assembleia de Deus, Igreja do Evangelho Quadrangular, Colégio HBC, Centro de Educação Infantil Tia Ana, Igreja Menonitas, Centro de Convivência do Idoso, APAE e Escola Pública Nascer para Arte.

Antes da solenidade de abertura, a partir das 14h de sexta-feira (22), começa a Mostra de Dança das escolas da rede pública municipal e particulares com Educação Infantil. Ao todo, bailarinos de nove estabelecimentos de ensino já confirmaram presença no evento, informa Tânia.

Os grupos de outras cidades se apresentarão na noite de sábado (23), a partir das 19h30. Os bailarinos que competirão são de Canoinhas e Abelardo Luz (SC), Cascavel, Dois Vizinhos, Coronel Domingos Soares, São Mateus, Marmeleiro, Pato Branco, Francisco Beltrão e Palmas competirão no Centro de Cultura. A avaliação será realizada por um júri de especialistas em dança.

Oficinas
A programação de oficinas e workshops acontece de 21 a 23 de setembro, nos períodos matutino e vespertino, na sede da Escola Pública Nascer para Arte. Os treinamentos serão ministrados por professores renomados de Palmas, Curitiba e Chapecó.

Nossa programação busca trazer a cultura e o lazer para Palmas. Convidamos toda a população para participar e apoiar os talentos de nossa cidade e reunião”, disse Tania.

Foto legenda (festival dança)
Bailarinas e bailarinos de nove cidades movimentam a área cultura de Palmas nesta sexta e sábado (22 e 23)
Foto: Josiani Almeida





Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br

(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Turismo mapeia eventos de Palmas para o calendário oficial do Paraná

Marcadores:

O Departamento de Turismo de Palmas iniciou esta semana um levantamento dos eventos de relevância social e regional, para incluir no Calendário Oficial do Paraná. A iniciativa, segundo a diretora Carine Ambrósio, atende um pedido da Paraná Turismo, gestor oficial do turismo no estado.


A Paraná Turismo está realizando o levantamento e atualização dos Eventos do Estado para a composição da edição de 2018 do Calendário Oficial de Eventos Turísticos do Paraná”, diz mensagem do órgão. “Para tanto, encaminhamos o Manual e respectivo formulário destinado à coleta das informações dos Eventos”.


O formulário deverá ser preenchido diretamente no sistema disponível no site da Paraná Turismo, até o dia 20 de outubro, informa o ofício. “Também temos a opção de preencher os formulários, um para cada evento, e enviar através de e-mail”, ressaltou Carine.


A diretora de Turismo reforça o apelo às entidades e instituições organizadoras e promotoras eventos, para enviar o quanto antes as informações, no e-mail turismo@pr.gov.br. “É muito importante, pois assim iremos garantir uma maior visibilidade para estas ações e para a nossa cidade e região”, concluiu Carine.


Palmas tem um calendário anual de grandes mobilizações. A Expopalmas, que deverá retornar em 2018, reúne expositores, máquinas e implementos agrícolas e conta com shows nacionais.


A lista inclui ainda a Feira Estadual de Bezerros, o Desafio de Inverno de Pesca ao Black Bass, o Festival de Corais No GoGó, o Festival Pé Vermelho da Canção, a Festa da Costela de 1º de Maio, entre outros.


Na última semana, o Departamento de Comunicação promoveu um apanhado de uma série de eventos programados para a segunda metade de setembro e o mês de outubro. A íntegra das mobilizações está no site www.pmp.pr.gov.br.

Foto legenda (desafio de pesca)
O Desafio de Inverno de Pesca ao Black Bass, na quinta edição, já se tornou evento tradicional em Palmas
Foto: Diego Funari




Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br

(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Rede Cidade Digital seleciona projetos inovadores no Paraná

Marcadores:

Meta é disseminar boas práticas e valorizar prefeitos visionários do Estado durante o 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais, marcado para novembro em São José dos Pinhais


 


Os municípios que utilizam a tecnologia para melhorar algum setor da administração pública podem ter seus projetos reconhecidos nacionalmente pela Rede Cidade Digital (RCD), iniciativa de estímulo às cidades inteligentes no país. A RCD abriu consulta para selecionar os Prefeitos que estão inserindo a tecnologia de forma estratégica na gestão, homenagem que acontecerá durante o 5º Congresso Paranaense de Cidades Digitais. As inscrições para o Projeto Inovador 2017 vão até 31 de outubro pelohttp://redecidadedigital.com.br.


 


O evento, que será realizado pela RCD em novembro deste ano, dias 23 e 24, em parceria com a Prefeitura de São José dos Pinhais, é o maior do gênero voltado para tratar das Tecnologias da Informação e Comunicação no desenvolvimento socioeconômico dos pequenos e médios municípios do Estado.


 


Gratuito para servidores públicos, o Congresso tem o objetivo de promover a troca de experiências entre os gestores e facilitar investimentos em TIC nas cidades. De acordo com o diretor da RCD, José Marinho, a ideia é valorizar, em meio às discussões do Congresso, os prefeitos visionários que adotaram política pública municipal no setor. “Não existe outro caminho para ter controle, eficiência e ganhos na economia se não pelo processo de informatização, transformando principalmente a vida das pessoas com a cidade digital”, afirma o diretor da RCD, ressaltando que os modelos servem de inspiração na busca das Prefeituras por soluções para resolver diversos problemas enfrentados diariamente nas localidades. “Muitas dificuldades são comuns entre os municípios e outras precisam ser adaptadas de acordo com a realidade de cada uma, mas os processos tecnológicos melhoram a gestão e facilitam a tomada de decisão”, completa.


 


 


Composição de São Paulo vence o Festival Pé Vermelho de Palmas

Marcadores:

A música Mirabolante, do compositor de Recife (PE) radicado em São Paulo (SP), Raul Misturada, é a grande vencedora da categoria inédita do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção de Palmas, no Sudoeste do Paraná. O evento, de 7 a 9 de setembro, levou muita emoção e qualidade musical ao palco do Centro de Cultura Dom Agostinho José Sartori. O encerramento contou ainda com as premiações dos vencedores das categorias de intérpretes do Infanto-Juvenil e Adulto.

A categoria nacional de composições inéditas foi o grande destaque do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção, que distribuiu mais de R$ 40 mil em prêmios. A última noite do evento contou com a apresentação de sete músicas inéditas – na primeira noite (sexta-feira, 8), oito compositores defenderam suas obras no palco do Centro de Cultura.

“Queremos agradecer a vinda dos compositores de várias partes do Brasil e também a colaboração e participação de todos nestas três noites de festival”, disse o prefeito de Palmas, Dr. Kosmos Nicolaou. A promoção recebeu a inscrição de mais de 80 obras de 15 diferentes estados do Brasil. As finalistas foram selecionadas pelo juri formado pelos especialistas Jean Emanuel Venâncio, Marcos Vinicius Schmidt, Gustavo Pereira Malfatti, Rodrigo Correa Santos e Luci Salete Bertolini Nazáro.

“Sem dúvida Palmas está de parabéns por realizar esta grande promoção. A organização e a receptividade dos moradores e participantes do evento foram incríveis”, disse o vencedor, Raul Misturada. Além de troféu, ele levou para casa a quantia de R$ 4 mil. Em segundo lugar ficou Keréto de Santo Antônio de Jesus (BA), com a música “Sabores e Saberes”. Ele recebeu troféu e R$ 3,5 mil pela conquista.

O terceiro lugar ficou com Claudio Chaves, de Ponta Grossa (PR), com a música “Luas, Estrelas e Canções”. Como prêmio ele recebeu troféu e R$ 3 mil. No quarto e quinto lugares ficaram Denny e Cintia Marques de Pinhais (PR) e Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ), com as obras “Viola” e “Mão”, respectivamente. Como prêmio receberam troféus e R$ 2,5 mil e R$ 2 mil.

Prêmios extras
O Festival Pé Vermelho da Canção também garantiu premiações extras na edição deste ano. O troféu de Melhor Arranjo e R$ 2 mil foi para Jana Figarella, do Rio de Janeiro (RJ), pela música “Mão”. O troféu de Melhor Interprete e R$ 2 mil foi para Keréto de Santo Antônio de Jesus (BA), com a música “Sabores e Saberes”.

O troféu de Melhor Poesia e R$ 2 mil foi para Max Gonzaga de São José dos Campos (SP) com a música “Cobra”. Já o prêmio de R$ 2 mil, mais troféus, na categoria Aclamação Popular, definida com o voto do público que compareceu ao evento, foi para a compositora Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ), com a obra “Mão”.

Talentos de Palmas
A primeira noite do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção recebeu apenas inscritos de Palmas, nas categorias Infanto-Juvenil e Adulto. Cada uma teve 20 cantores selecionados, que garantiram muita emoção e alegria em suas apresentações. Os mais jovens foram os primeiros a subirem ao palco do Centro Cultural. Em seguida ganharam a plateia os interpretes adultos.

Veja a seguir os vencedores de cada categoria:

Composição (inéditas)
1º lugar - Raul Misturada de São Paulo (SP) com a música "Mirabolante" - R$ 4 mil
2º lugar - Keréto de Santo Antônio de Jesus (BA) com a música "Sabores e Saberes" - R$ 3,5 mil
3º lugar - Claudio Chaves de Ponta Grossa (PR) com a música "Luas, Estrelas e Canções" - R$ 3 mil
4º lugar - Denny e Cintia Marques de Pinhais com a música "Viola" - R$ 2,5 mil
5º lugar - Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ) com a música "Mão" - R$ 2 mil
Melhor Arranjo - Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ) com a música "Mão - R$ 2 mil
Melhor Interprete - Keréto de Santo Antônio de Jesus (BA) com a música "Sabores e Saberes" - R$ 2 mil
Melhor Poesia - Max Gonzaga de São José dos Campos (SP) com a música "Cobra" - R$ 2 mil
Aclamação Popular - Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ) com a música "Mão" - R$ 2 mil

Infanto-Juvenil
1º lugar – Laura Perego dos Santos com a música “Vitória Régia” - R$ 1,5 mil
2º lugar – Pedro Lucas Dukéviski com a música “Léo e Bia” - R$ 1,4 mil
3º lugar – Leandro Dukéviski com a música “O Amor é Tudo” - R$ 1,2 mil
4º lugar – Rosa Andrade Correia com a música “Trevo” - R$ 1 mil
5º lugar – Camile Farias Locatelli com a música “Ressuscita-me” - R$ 800,00

Adulto
1º lugar – Toni Machado com a música “Filho Pródigo” - R$ 2 mil
2º lugar – Dayane Moraes com a música “Falando Às Paredes” - R$ 1,8 mil
3º lugar – Graciana Prests com a música “Dor e Saudade” - R$ 1,6 mil
4º lugar – Deise Batista com a música “Prece” - R$ 1,4 mil
5º lugar – Ivo e Henrique com a música “Morrendo de Amor” - R$ 1,2 mil

Foto legenda (final festival)
Vencedores do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção de Palmas
Foto: Josiani Almeida






Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br

(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Câmara aprova projeto que cria o Conselho da Juventude de Palmas

Marcadores:

A Câmara de Vereadores aprovou, na segunda-feira (21), o Projeto Lei que cria o Conselho Municipal de Juventude de Palmas. O colegiado, com funções consultivas, normativas, fiscalizadoras e deliberativas, vai assegurar a participação da comunidade nas ações e serviços relacionados à população jovem e atuar na formulação de estratégias e no controle da execução das políticas da juventude.

O projeto, desenvolvido pelo Departamento de Planejamento e encampado pelo Poder Executivo, teve aprovação unânime em primeira discussão, com o plenário lotado de estudantes do Colégio Estadual Dom Carlos. “O Conselho Municipal da Juventude vai beneficiar os jovens de Palmas, dando a eles direito de exigir o cumprimento da legislação que assegure seus direitos", disse Aloísio.

Que completou: "Além de viabilizar a vinda de recursos para o desenvolvimento de políticas específicas da juventude”. Segundo o diretor de Planejamento, o apoio e compreensão dos vereadores esta sendo fundamental para aprovação do projeto.

O Conselho da Juventude será um órgão autônomo e de caráter permanente, deliberativo, consultivo e fiscalizador e de representação da população jovem. Ele vai assegurar a participação da comunidade nas ações e serviços relacionados à população jovem e atuar na formulação de estratégias e no controle da execução da Política da Juventude.

Contexto
O conselho será paritário, constituído por oito membros titulares e seus respectivos suplentes, nomeados pelo Chefe do Poder Executivo. Serão quatro pessoas representantes do poder público e quatro representantes da sociedade civil, cuja escolha será feita na forma.

O colegiado vai estabelecer prioridades e diretrizes a serem observadas na elaboração, atualização e execução da Política Municipal da Juventude. Também irá avaliar, fiscalizar e controlar a execução dos programas relacionados ao segmento.

Caberá ao Conselho promover, entre outras, debates, palestras, audiências públicas e estudos, de forma a conhecer os problemas da população jovem de Palmas e mantê-la informada acerca da execução de suas políticas.

As  leis federais do Estatuto da Juventude e do Estatuto da Criança e do Adolescente serão as norteadoras do Conselho. O colegiado também vai desenvolver políticas voltadas para o jovem pensar no desenvolvimento social e econômico do município a médio e longo prazo.

Composição
Os representantes do conselho serão escolhidos através de indicação e eleição. Os conselheiros serão designados pelo Executivo e serão advindos respectivamente da Secretaria de Educação e dos departamentos da Saúde, Assistência Social e Planejamento.

Os membros da sociedade civil serão eleitos na Conferência Municipal da Juventude e deverão indicar conselheiros que representação. O projeto ainda será votado em segunda discussão.

Foto legenda (conselho juventude)
Estudantes do Colégio Estadual Dom Carlos acompanharam aprovação do projeto que cria o Conselho da Juventude de Palmas
Foto: Ronildo Pimentel




Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br
(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Convênio com IFPR prevê Farmácia Escola e uma Incubadora em Palmas

Marcadores:

A Prefeitura e o Instituto Federal do Paraná (IFPR - Campus Palmas) firmaram esta semana um convênio para implantação do programa de Incubadora e da Farmácia Escola de Palmas. A minuta, que dá início ao processo de parceria, foi assinada pelo prefeito Dr. Kosmos Nicolaou e o diretor e a coordenadora de Pesquisa e Extensão da instituição, Luciano Martignoni e Débora Reis.

A Incubadora é um projeto para abertura e desenvolvimento de pequenas empresas e microempresas, garantindo apoio nas primeiras etapas de atuação. A Farmácia Escola será uma sala de aulas práticas para os alunos do curso de Farmácia. “Este convênio é um compromisso da nossa administração", disse Dr. Kosmos.

"Neste primeiro momento, estamos assinando a minuta da Incubadora, onde o município entrará com toda a parte de logística e o IFPR dará amparo estrutural”, ressaltou. A assinatura do convênio dá início ao processo de licitação para a aquisição de toda a estrutura necessária para o funcionamento inicial das pequenas empresas e microempresas.

A primeira etapa da Incubadora, que deve iniciar as atividades em janeiro de 2018, prevê amparo para 12 empresas. Na avaliação do diretor do IFPR, Luciano Martignoni, Palmas tem muito crescer com essa parceria.

“Temos certeza que esse é um passo decisivo para que a gente transforme o Instituto em um polo de inovação tecnológica e a cidade em meio a este processo de empreendedorismo e avanço tecnológico”, frisou Martignoni.

Procedimento
De acordo com a minuta do convênio, a Incubadora colocará a disposição das empresas, uma estrutura física adequada. O procedimento inclui consultorias periódicas de especialistas em gestão, acesso privilegiado aos parceiros de negócios e apoio para consolidação da empresa no mercado.

A parceria da Prefeitura com o IFPR, busca incentivar o desenvolvimento econômico em Palmas, através do estímulo, apoio e transformação de ideias em empresas inovadoras.

Além disso, vai sensibilizar a necessidade de empreendimentos inovadores de base tecnologia, estimular a cultura do empreendedorismo, identificar, catalogar e selecionar projetos e ideias inovadoras em potencial de gerar novos negócios.

A intenção é ainda oferecer um ambiente propício a inovação e ao desenvolvimento do empreendimento e disponibilizar serviços em áreas estratégicas como planejamento, engenharia de software, marketing, contabilidade e legislação, entre outros.

Além da Incubadora, nos próximos dias o prefeito irá assinar a minuta para criação da Farmácia Escola, que vai servir como uma sala para aulas práticas aos estudantes do Instituto. A estrutura estará localizada no centro de Palmas, facilitando o acesso de alunos e população. Todo o trabalho será supervisionado por um Farmacêutico responsável.

Contexto
O IFPR Campus Palmas está localizado em uma região estratégica do Sul e Sudoeste do Paraná, ao Oeste de Santa Catarina e ao Noroeste do Rio Grande do Sul. Atende aproximadamente dois mil estudantes em dois cursos técnicos e 14 cursos superiores.

A estrutura, com 17 mil metros quadrados de área construída em 70 hectares, conta com 22 laboratórios, quadras poliesportivas, campo de futebol e piscina semiolímpica aquecida. Possui, ainda, uma das maiores bibliotecas do interior do Paraná.

Foto legenda (convenio ifpr)
Prefeito Dr. Kosmos com o diretor e a coordenadora de Pesquisa e Extensão do IFPR, Luciano Martignoni e Débora Reis
Foto: Josiani Almeida







Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br
(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

BSBIOS é convidada a se filiar a Associação Americana de Biodiesel

Marcadores:

Reunião tratou de alinhamento de pautas estratégicas para exportação de Biodiesel para os Estados Unidos

Na tarde de hoje (15), na sede da Advanced Biofuels Association – ABFA, em Washington, nos EUA ocorreu reunião para tratar do alinhamento de pautas estratégicas do Biodiesel, visando à exportação do biocombustível brasileiro para os Estados Unidos. Na oportunidade a BSBIOS foi convidada pelo presidente da ABFA, Michael MCAdams a se afiliar a Associação.
O diretor presidente da BSBIOS, Erasmo Carlos Battistella, destacou que é aguardada com expectativa a decisão sobre o processo de dumping movido pelos Estados Unidos contra a Argentina, Indonésia e Malásia. “Caso o parecer seja favorável, o Brasil poderá se beneficiar e começar a exportar biodiesel para os Estados Unidos,” afirmou o empresário.
A BSBIOS tem autorização da Agência Nacional do Petróleo, Biocombustíveis e Gás Natural – ANP para exportar biodiesel desde o ano de 2008. Entretanto, somente em Junho de 2013, realizou a primeira exportação, sendo a primeira empresa do país a exportar biodiesel de forma comercial.

Fotos: Divulgação BSBIOS

Obrigada!

Atenciosamente,
Leticia Fazolin Wendling
Coordenadora de Comunicação e Marketing
+55 54 2103 7251 / +55 54 9 9147 7922
leticia.fazolin@bsbios.com

BSBIOS Indústria e Comércio de Biodiesel Sul Brasil SA
Rodovia BR 285 - KM 294 - Bairro Petrópolis - Passo Fundo - RS

Projeto reconhece Palmas como mais fria e capital da maçã no PR

Marcadores:

A cidade de Palmas, no Sudoeste do Estado, será reconhecida como a mais fria e a capital da maçã do Paraná. É o que prevê o projeto de lei 374/2017, apresentado esta semana pelo líder do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado Nereu Moura. A matéria já está em análise nas comissões permanentes da Casa de Leis, última etapa antes de ir a votação em Plenário.

Palmas é reconhecidamente a cidade mais fria do Paraná, tanto por sua população como por visitantes ou trabalhadores de outras regiões que por lá passam. “Este título não será conferido à toa, uma vez que as baixas temperaturas que se acentuam no inverno palmense são comentadas em todo o Estado”, afirma Nereu Moura.

Para o prefeito Dr. Kosmos Nicolaou, será uma honra para Palmas ser reconhecida tanto na questão do frio quanto pela produção de maçãs, que neste ano superou as expectativas dos produtores. Ele também destaca que neste ano, a cidade registrou pelo menos três fortes geadas e duas quedas de neve. A segunda ganhou repercussão no noticiário estadual e nacional.

“Vemos todos os dias, notícias sobre o frio em outras cidades de destaque do nosso país, mas esquecemos de olhar ao redor e ver as maravilhas que temos aqui no Paraná, em Palmas, por exemplo”, frisou Nereu Moura.

Característica
A região dos Campos de Palmas tem como característica os ventos constantes, criando uma situação atmosférica propicia a formação de geadas e até mesmo nevascas. A cidade já registrou a incrível marca de 11 graus negativos de sensação térmica (frio sentido em ambiente externo), conforme a medição de superfície de solo realizada pela Estação IAPAR (Instituto Agronômico do Paraná).

As baixas temperaturas nos Campos de Palmas são temas de seguidas reportagens nos veículos de comunicação do estado e do país. Na década de 1960, a grande incidência de nevascas ganharam destaque nacional.

Em 2011, o Jornal Gazeta do Povo estampou como manchete principal o frio caracaterístico da região. Disse o folhetim: “Neve volta a cair em Palmas após 11 anos”. A iterrupção da neve, segundo depoimentos de especialistas ao diário, ocorreu devido ao fenômeno climática El Niño.

Academia
O frio em Palmas também foi tema de Dissertação de Mestrado na Universidade Estadual Paulista, Intituto de Geociências e Ciências Exatas. As baixas temperaturas da região foram tratadas sob o título: “A neve em Palmas/PR: da reconstituição histórica à abordagem dinâmica”.

Em 2013 a neve voltou a ser vista em Palmas, atraindo um grande número de visitantes. O fato ganhou destaque na imprensa, sendo registrado pelas emissoras de teve RICTV e RPC, além dos jornais e rádios locais e da região.

Outro fato que certifica a cidade como a mais fria do Estado, são as narrativas de diversos historiadores, que afirmam, Palmas tem a menor temperatura dentre as demais.

A comprovação científica de que Palmas é a mais fria do Paraná ocorre, mesmo a única unidade de medição de temperatura estando localizada no perímetro urbano.Este fato acaba interferindo na aferição, uma vez que o frio é mais intenso nos campos localizados em sua área rural.

"Selo Frozen"
Em recente enquete promovida pelo Governo do estado, em seus perfis nas redes sociais, Palmas foi escolhida pelos internautas para receber o “Selo Frozen”, por ser a mais gelada do Paraná. Este fato também comprova que Palmas estará equiparada as regiões mais frias do país, localizada nas serras gaúchas e catarinense.

O status oficial vai garantir maior visibilidade a cidade, que irá atrair um grande número de visitantes interessados em sentir sensações térmicas geladas, comuns no inverno. Para receber os visitantes, Palmas dispõe de um amplo parque hoteleiro e bons restaurantes, que servem pratos típicos ideais para degustar em épocas de baixas temperaturas.

Maçã
O município é o maior produtor de mação na estado, correspondendo a 2,16% da produção nacional. A produção estimada de 13,5 mil toneladas/ano, foi superada em 2017, com mais de 14 mil toneladas. Atualmente, Palmas produz maçãs do tipo Gala, Fuji e Eva e em menos número (cerca de 10%) outras variedades como a Fuji Suprema e a Imperatriz.

A atividade movimenta intensamente a economia do município. Na época da colheita, que se estende entre janeiro e abril, é empregado um grande contingente de mão de obra temporária - aproximadamente três pessoas por hectare -, sem contar aqueles que vão trabalhar na seleção e no empacotamento da fruta.

As maçãs “de mesa”, com bom tamanho e aparência, são destinadas a supermercados em todo Brasil, enquanto as maçãs com imperfeições seguem para fabricação de sucos em empresas de Fraiburgo e Videira, em Santa Catarina.

Palmas mantem-se como maior produtor de maçãs do Paraná, conforme atesta relatório do departamento de Economia Rural da Secretaria da Agricultura e Abastecimento do Estado, que destaca que atualmente o município é responsável por 28% a 30% da maçã aqui produzida.

O município conta com aproximadamente 400 hectares em produção e outros 48 recentementes implantados e que deverão iniciar ciclo produtivo em 2 ou 3 anos. Depois de Palmas, Lapa com 20% e Campo do Tenente (18%) são os maiores responsáveis pela produção estadual de maçã. Existe uma projeção de se ampliar em mais cem hectares a área do município.

Foto legenda (palmas fria maca)
Projeto de lei reconhece Palmas como cidade mais fria e capital da maçã do Paraná
Foto montagem: Josiani Almeida






Prefeitura de Palmas (PR)
Comunicação Social
www.pmp.pr.gov.br
www.facebook.com/prefeituradepalmas
www.twitter.com/palmas_pr
ronipimentel@pmp.pr.gov.br
(46) 3263-7033 e (46) 3263-7000

Estudante de Palmas quer mais debate e atividades extraclasse

Marcadores:

Os estudantes da rede pública de Palmas, no Sudoeste do Paraná, querem mais debates sobre temas variados em sala de aula e atividades extraclasse, como passeios orientados e visitas técnicas. A maioria deles assume praticar atividades esportivas quando não estão em sala de aula e planeja cursar uma faculdade no futuro.

Os dados integram pesquisa inédita realizada com duas turmas do 2° ano do médio de uma escola da rede estadual de Palmas. No levantamento, promovido na última quarta-feira (02 de agosto), os estudantes responderam perguntas específicas sobre comportamento e também sobre metodologias de ensino, esportes e matérias favoritas.

Na pesquisa, sem valor científico, 97% dos estudantes afirmam que pretendem fazer um curso superior, logo após concluir o ensino médio. Entre as opções escolhidas estão medicina, odontologia, educação física, agronomia, administração e direito.

"Mas há quem também optou por se formar em veterinária, nutrição, beleza, enfermagem entre outros", disse Isabele Cristine Brasil, estudante do 2º ano e coordenadora da pesquisa. Segundo ela, a enquete foi organizada como forma de aprendizagem e preparação para realização de monografias e mesmo Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Interação
Nos questionários, pelo menos 51% dos estudantes pedem por mais debates em sala de aula. Na avaliação, a alternativa indica que os mesmos acreditam que o uso de interação contribuir na aprendizagem. Outros 49% consideram interessante a realização de mais palestras com temas sobre a atualidade.

Com os debates e palestras, o aluno tem a oportunidade de expor sua opinião e também respeitar a do seu colega, afirmam. "Desta forma, acredito que teremos uma maior interação entre professores e estudantes, que é um dos pontos que ajuda no desenvolvimento acadêmico", disse a estudante Dabila Lobas, ao comentar sobre a ideia de ter oportunidade de interagir com a turma e professores.

A maioria dos estudantes que respondeu o estudo, pede como atividades extraclasse passeios que tenham a finalidade de aproximar a prática da teoria  com o ensino de campo. O Museu Histórico Municipal foi citado como um dos locais para visitar. A estrutura guarda objetos, relatos e imagens da formação de Palmas, a primeira cidade do Sudoeste do Paraná.

Facilidades
Na avaliação da enquete, foi observado que 76% dos estudantes tem mais facilidade em aprender disciplinas como física, biologia e educação física, e dificuldade nas disciplinas de geografia e matemática.

Entre as atividades preferidas, quando não estão em sala de aula, 53% dizem gostar de passeios e outras atividades de lazer e 32% que gostam de praticar esportes. Também foram citadas como ações como leitura e aulas de música.

A enquete também perguntou se o estudante pratica algum esporte e qual modalidade preferida. Entre as práticas mais citadas estão vôlei, futsal, atletismo, lutas marciais e dança.

Foto legenda (estudante palmas3)
Enquete revela detalhes do comportamento dos estudantes de Palmas
Fotos: Secretaria Estadual de Educação

Prefeitura de Palmas inaugura Clínica Infantil com 2 pediatras

Marcadores:

O prefeito  Dr. Kosmos Nicolaou e o vice, Cesar Pacheco Baptista, o Baitaka, inauguraram nesta segunda-feira (07), a Clínica Infantil de Palmas. A estrutura, localizada no Centro Comercial João Paulo II, oferece atendimento pediátrico de qualidade à população infantil, além de contar com o Programa Anjos, que acompanhará as mães e as crianças, da gestação até que o menor complete um ano de idade.

De acordo com Dr. Kosmos, a criação da clínica é um compromisso de campanha e um sonho cultivado há mais de 30 anos. “Vamos dar maior dignidade ao atendimento das crianças. Qualquer pessoa que entrar aqui, pensará que se trata de uma clínica particular. Isto por que, buscamos o que tem de melhor para atender as pessoas com dignidade".

"Palmas tem, há mais de 30 anos, o maior índice de mortalidade infantil do Paraná. Queremos mudar isto, precisamos modificar isto", ressaltou o prefeito. Em entrevista à imprensa, Dr. Kosmos reforçou o lema de sua gestão, de uma "Palmas para todos", com prioridade na área de saúde.

"Queremos humanizar o serviço público na área de saúde de Palmas", disse. Além da clínica infantil, o prefeito anunciou que seu programa de governo incluiu a criação da Clínica da Mulher, que já está em obras ao lado do Pronto Atendimento Municipal (PAM) e a Clínica do Idoso, que já está em fase de estudo.

Planejamento
Ainda de acordo com o prefeito, as crianças são o futuro de Palmas. "Uma criança bem cuidada se tornará um adulto de sucesso e é isto que estamos fazendo hoje, plantando esta semente de atenção à nossa população desde os primeiros dias de vida", ressaltou Dr. Kosmos.

O prefeito lembrou que, o atendimento na clínica já esta funcionando desde o dia primeiro deste mês. Com isto, algumas mães foram levar suas crianças para receber atenção nesta segunda-feira e acabaram participando da solenidade de inauguração da estrutura.

Segundo as mães Sonia Dias e Jaqueline do Nascimento, presentes no ato, o espaço é maravilhoso. “Achamos a iniciativa bem legal, a ideia é incrível e o atendimento das crianças vai melhorar, além de tudo ter ficado mais perto e muito organizado”, finalizaram.

O horário de atendimento, segundo a diretora do Departamento de Saúde, Dalva Zago, será de segunda á sexta-feira das 8h às 11h30 e das 13h às 17h. A clínica vai atender crianças de zero a 13 anos. Os trabalhos estarão a cargo das pediatras Carla Mafiuzzi e Francieli Romero.

A enfermeira Tarsila Machado Nunes será responsável pela estrutura, que contará ainda com o trabalho da assistente social Aline Ambrósio. A clínica já está trabalhando com consultas agendadas e espontâneas.

Estas últimas, segundo a pediatra Carla Mafiuzzi, serão mais específicas para moradores próximos à região central, uma vez que da população distante do centro, existe o serviço nos postos de saúde. "As consultas agendadas serão abertas para crianças de todos os bairros de Palmas", concluiu.

Além de diretores e lideranças sociais, participaram da solenidade os vereadores Celia Paim, Ademar Nunes, Laco, Edson Luiz Ferreira Kemes (Lagarto), Izaias Mikilita e Paulo Bannake.

Foto legenda (inauguracao clinica)
Prefeito Dr. Kosmos inaugurando a Clínica Infantil de Palmas
Foto: Luis Marcondes